Pular Links de NavegaçãoPágina inicial > Institucional

Programa de Financiamento Estudantil (FIES)

Além das bolsas da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) e do Programa Universidade para Todos (ProUni), a Faculdade Alfredo Nasser também beneficia seus alunos por meio do Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies). Este é um programa do Ministério da Educação destinado a conceder financiamento, prioritariamente, a estudantes de cursos de graduação, que devem estar regularmente matriculados em instituições de ensino não gratuitas cadastradas no programa. O Fies é operacionalizado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Praticamente todas as operações do processo, iniciando-se pela adesão das instituições de ensino, passando pela inscrição dos estudantes e divulgação dos resultados e entrevistas são realizadas pela internet, por meio do portal do Ministério da Educação (www.mec.gov.br).

 

Criado em 1999 para substituir Programa de Crédito Educativo (PCE/CREDUC), o Fies já beneficiou mais de 560 mil estudantes, com uma aplicação de recursos da ordem de R$ 6 bilhões entre contratações e renovações semestrais dos financiamentos. A partir de 2005, o Fies passou a conceder financiamento também aos bolsistas parciais, beneficiados com bolsa de 50%, do ProUni. Só para este público já foram realizadas mais de 9,2 mil contratações.

 

A única forma de ingresso no programa é mediante participação em processo seletivo. Os critérios de seleção são definidos pelo MEC e levam em consideração o perfil socioeconômico dos candidatos. O prazo máximo de utilização do financiamento é igual ao período remanescente para a conclusão do curso pelo estudante, à época de seu ingresso no FIES, observada a duração regular do curso estabelecida pela instituição de Ensino Superior. A taxa de juros para os contratos do Fies é de 3,4% ao ano, capitalizada mensalmente, equivalente a 0,27901% ao mês.

 

Mais informações pelo telefone 0800 616161, pelo e-mail fies.estudantes@fnde.gov.br ou pelo site do Ministério da Educação.